sábado, 2 de maio de 2009












BDSM X GOR

Gor é mais um aspecto do BDSM? Quais são as semelhanças e diferenças entre GOR e BDSM? Este é um tema que tem sido muito abordado em inúmeras comunidades virtuais e reais, em vários debates e discussões. No entanto, ainda há confusão sobre este assunto para que haja razão em tentar, mais uma vez, comparar e contrastar estas duas praticas. O público em geral vê GOR como um subconjunto do BDSM. Isto é evidente, quando os meios de comunicação mencionam GOR e como eles inevitavelmente fixam à imagem do BDSM. Além disso, há pessoas envolvidas em BDSM, que vêem GOR como um aspecto do mesmo, bem como Goreanos que também vêem GOR como parte do BDSM. Por favor, notem que eu vou tratar aqui principalmente sobre generalizações para facilitar a compreensão. Não pretendo com este texto ofender e intervir nas idéias de ninguém. Pode haver exeções a esta generalização, mas que por si só, não invalidam a generalização em si.

Vamos começar com algumas informações básicas sobre GOR. Jhon Norman, professor universitário de filosofia, escreveu 27 livros retratando o mundo ficcional de GOR e muitos mais serão publicados no futuro. Norman tem escrito mais cinco (05) outros livros romanceados e dois (02) livros de não-ficção. Uma dessas obras de não-ficção chama-se “SEXO IMAGINATIVO” (Imaginative Sex), que foi publicado em 1974 e é comumente visto como um dos primeiros guias para D/S (Dominação / Submissão) relacionado com livros publicados nos tempos modernos. Em 1974, havia poucos livros não-ficionais retratando D/S. A BIBLIA DO LEATHERMAN (Leatherman Bible) foi um dos únicos outros livros em versão impressa, neste momento. Como o Sexo Imaginativo tem fortes ligações a alguns dos livros de GOR bem como, em seguida, inicialmente, podemos notar que é provável que exista, pelo menos, alguma conexão entre GOR e D/S. Mas temos de ter cuidado para não terminar nossas considerações ainda.


Também devemos começar a analisar algumas definições para nos ajudar em nossa discussão, não apenas de “BDSM” e “D/S”, mas também o que queremos dizer quando nos referimos a “GOR”. Para cada um destes termos, não são definições precisas, uma vez que cada termo abrange uma ampla variedade de aspectos. Basta pensar de alguns dos inúmeros aspectos que muitas vezes caem sob o rótulo de BDSM e D/S, como o Bondage, Disciplina, Sadismo, Masoquismo, Dominação, Submissão, escravos, Switchers, Jogos de Sangue e role-play. Isto não é de forma alguma uma lista exaustiva. E cada pessoa envolvida no BDSM e D/S tem as suas próprias preferências pessoais de que áreas podem e gostam de praticar. Além disso, para alguns isso é tudo ligado ao sexo. Mas para outros, é um estilo de vida mais profundo que afeta muitos aspectos de sua vida, e não apenas no aspecto sexual. Diversidade é uma palavra-chave na definição do BDSM e do D/S.

Dentro da Comunidade Goreana, a diversidade é também a chave que define GOR. Para simplificar a questão, podemos separar os envolvidos ativamente na comunidade Goreana em três grupos principais. Estamos, portanto, excluindo as pessoas que estão mais envolvidas passivamente, aqueles que simplesmente gostam de ler os livros (temos também as pessoas que não são Goreanas de verdade, nem fãs dos livros, e que apenas dizem-se Goreanos para fins negativos ou para difamação da cultura e filosofia de GOR, estes, no entanto jamais devem ser considerados Goreanos e nem sequer BDSMs). Os nossos três grupos, são divididos em: GOREANOS VIRTUAIS (Jogadores de Role-Play ou interpretação de papéis), GOREANOS FILÒSOFOS e GOREANOS REAIS (Life Stylers). Por favor, entendam também que há muita diversidade dentro de cada um desses subgrupos. Estes são grandes categorias que abrangem muitas diferenças. Eles são úteis para uma discussão geral, embora estejam cientes das diferentes linhas de pensamento. As pessoas podem pertencer a mais de um desses grupos, sem nenhum conflito.


No seu sentido básico, o GOREANO VIRTUAL (Jogador de Role-Play) é um apreciador da ficção que usam GOR como um cenário para um jogo ou interpretam seus personagens dentro deste cenário, agindo de determinadas formas. É uma forma de entretenimento, embora possam ter seus aspectos educativos. Role-Playing pode envolver “captura”, onde as pessoas tentam escravizar outras e “combate”, onde as pessoas podem duelar entre si, por vezes, a uma morte virtual. Alguns que preferem o role-play tentam permanecer fieis aos romances, só permitindo tipos de ações que seriam plausíveis baseadas nos livros. Outros preferem uma forma mais flexível, alterando aspectos dos livros para se adaptar às suas próprias preferências. Às vezes, estas duas escolas de pensamento podem obter preferências mais combativas.


A interpretação de papeis de um escravo, que segue de perto os livros Goreanos, pode assemelhar-se a histórias de escravidão, especialmente do tipo praticado na Roma Antiga. Escravos nos livros de GOR, são propriedades sem nenhum direito. Seu proprietário podia matá-los impunemente. Pelas normas na Terra, tal escravidão é considerada dura e brutal. Nem todos escolhem aderir a esta intimidade com os livros de interpretar esse papel de escravidão. Outros têm uma abordagem mais suave. Mas é preciso lembrar que este é apenas um jogo. Poderia facilmente ser comparado a qualquer interpretação de papeis nos cenários dentro do BDSM ou D/S. Em “SEXO IMAGINATIVO”, Norman apresenta mais de 50 cenários de interpretação de papéis sexuais, que muitas vezes envolvem dominação, opressão e escravidão. Vários desses cenários são semelhantes a acontecimentos que poderiam ocorrer em GOR.


Mas é importante lembrar que a Interpretação de Papéis Goreana não deve envolver apenas interpretações de Mestres / Escravas. Interpretações de papéis podem abranger muitos cenários diferentes como guerras históricas, a partir de romances de ação e aventura. Interpretar um papel é como viver um romance e os potenciais aventuras são limitados apenas pela sua imaginação. Existem alguns papeis Goreanos, que são principalmente para jogadores que preferem participar como Mestres / Escravas, mas isto é simplesmente uma escolha. No entanto, na interpretação de papeis, nem tudo é possível fazer.


No outro extremo do espectro, temos os GOREANOS FILOSOFOS. Estes constituem o principio subjacente do mundo de GOR que foram explicados nos livros. Existe muita evidência que indica que essa filosofia existe e se baseia em grande parte na filosofia grega antiga e nas obras de Nietzsche. Filosofia Goreana pode ser mais bem resumida pelo principio de “VIVER EM HARMONIA COM A NATUREZA”. Basicamente, todos os outros princípios filosóficos Goreanos derivam deste primário. Uma completa compreensão da Filosofia Goreana requer que uma pessoa não só leia todos os livros de GOR, mas também se empenha na leitura de obras fora da orla de GOR, para compreender melhor certos conceitos filosóficos complexos.

Curiosamente, a escravatura não é um aspecto da Filosofia Goreana. De fato, é absolutamente desnecessário para a filosofia. Escravidão é uma instituição social e cultural de GOR, e não um principio filosófico. Agora, um dos princípios derivados da Filosofia Goreana é que, em geral, os homens são dominantes e as mulheres são submissas. É simplesmente considerado uma verdade biológica, baseado na genética e na história evolutiva. Lembre-se que não estamos discutindo nada aqui, é apenas uma generalização. Mas este principio não implica que as mulheres devem ou não ser escravas. Existe uma diferença significativa entre ser submissa e ser escrava.

Note que este grupo é o menor de todos os três grupos Goreanos mencionados. Nós podemos apenas especular quanto às razões para isso. Parte da razão é que quando as maiorias das pessoas pensam que o termo “Filosofia”, pensa ser algo que utiliza mais esforço mental, e não algo para o cotidiano. Eles pensam como os antigos pensadores acadêmicos e argumentam sobre pontos esotéricos da natureza do universo. No entanto, se voltar a mergulhar na Grécia e Roma Antigas, pode ver que a Filosofia lhes foi integralmente vinculado a um modo de vida. Um filósofo vivia sua filosofia e não falava apenas dela. E como GOR é largamente baseada em tais fontes antigas, parece apropriado lidar com a filosofia dessa maneira.

Chegamos agora ao último grupo, os GOREANOS REAIS (Life Stylers). Esta é a área que mais frequentemente é comparada com o mundo do BDSM e D/S. Em geral, um Goreano Real (Life Styler) é alguém que segue a filosofia, mas que também simulam algumas das instituições da sociedade de GOR. Essa simulação é um aspecto importante da sua vida. Um Goreano Real essencialmente tem certas atitudes de um GOREANO VIRTUAL, só que as transporta para a sua vida cotidiana. Deve-se mencionar brevemente aqui que há um número de Goreanos Reais que tomam como grande ofensa os Goreanos Virtuais. Eles sentem que abala sai credibilidade e também é ofensivo fazer um jogo (fingir ser goreano) do que eles vivem realmente. Mas, por simular alguns dos aspectos ficcionais do mundo de GOR, pode-se dizer que os Goreanos Reais estão realmente empenhados em uma forma de interpretação de papéis, mais realista.

Algumas das instituições mais comuns na sociedade goreana (Os Três Pilares de GOR futuro texto deste BLOG), pelos Goreanos Reais incluem a Pedra do Lar, o Sistema de Castas e a Escravidão. (Home Stone, Castes System and Slavery). Agora, não existe nenhuma norma para que um Goreano Real seja reconhecido como tal. Você pode optar por ter uma Pedra do Lar, mas não uma Casta. Pode-se optar por ter uma escrava, mas não uma Pedra do Lar. É tudo uma questão de preferência pessoal e interpretação do grupo, embora a escravidão seja provavelmente a instituição mais comumente simulada. Fora de todos os aspectos de GOR, a escravidão ainda atrai a maioria das pessoas. No entanto, esta popularidade não representa a totalidade dos praticantes de GOR. Podemos ser ainda GOREANOS REAIS e não termos escravos ou somente apoiar a escravidão.

Quando estas instituições simulam GOR, os Goreanos Reais modificam-na para a sua realidade na Terra (dependendo de cada País ou localidade instalada) e as suas próprias preferências pessoais. Escravidão, embora legal em GOR, não é legal na Terra, por isso tem de haver certas diferenças. Universalmente, Goreanos Reais Escravistas são muito menos severos do que seriam em GOR. A escravidão não é obrigatória para um Goreano Real. Muitas vezes é chamada de “escravidão consensual”, quando a escrava consente sua condição. Ela também tem o poder de por fim à sua escravidão, a qualquer momento. Essas são escravidões em tempo real (ETR ou TR) que mais se assemelham com o que seria conhecido no BDSM e D/S como TPT ou Troca de Poder Total, embora eu prefira o termo mais comum no Brasil, 24/07 (escravidão 24 horas por dia e 7 dias por semana). Neste ponto vemos muita semelhança entre GOR e o BDSM e o D/S.


Vejamos algumas dessas semelhanças e diferenças. A Escravidão Goreana, como a do BDSM, pode implicar o uso de Coleiras, Correntes, Algemas, Cordas. Laços e muito mais. GOR e BDSM podem infringir dor em uma (o) escrava (o) ou submissa (o) em algum momento. Em geral, Goreanos apenas punem seus escravos quando necessário, por desobediência ou falta grave, não tendo o gozo pela dor, embora existam exceções. Em BDSM, é muito mais comum para a (o) submissa (o) ou escrava (o) desfrutar de prazer recebendo a dor. Tanto GOR e BDSM obviamente envolvem relações de Domínio e submissão, embora em GOR, geralmente os homens são os dominadores. Em BDSM, muitas mulheres são dominantes, muito mais do que seria em GOR (apesar de que essa atitude fere a filosofia básica de domínio e submissão). Poderíamos aqui também discutir as diferenças entre submissas e escravas, mas não é relevante para a presente discussão.


O que é mais importante salientar é que a Escravidão Goreana em TR, é um único aspecto de uma área muito maior. Se as pessoas crerem que em GOR temos apenas a escravidão, então não estão vendo a vastidão da cultura do Universo Goreano, que possui outros conceitos e idéias. A Filosofia Goreana trata de elementos de Metafísica, Epistemologia, Ética, Filosofia Política e muito mais. A inspiração vem a partir de fontes como a República de Platão, as Meditações de Marcus Aurelius e “Além do Bem e do Mal” de Nietzche. Trata-se de mais do que apenas relações pessoais, englobando também o modo como o homem interage com o governo, sociedade e natureza. Nestes aspectos, é muito mais abrangente do que no BDSM ou no D/S. BDSM e D/S são na maioria das vezes questões de relações pessoais e a interação de duas pessoas.

Quem é responsável pela fixação da crença de que GOR é baseado unicamente na escravidão? Afinal, grande parte dessa responsabilidade recai sobre os próprios Goreanos e da Comunidade Goreana. Cabe a essas pessoas que vêm a GOR apenas por causa dos aspectos da escravidão. Cabe a essas pessoas criarem sites que lidam essencialmente com aspectos de escravidão. Cabe a essas pessoas que interminavelmente discutem questões de escravidão em comunidade de relacionamentos e chats, ignorando outros tópicos. E como essas pessoas são as maiorias na internet (On-line), a mensagem de GOR fica distorcida. Por isso, pessoas que sabem pouco fazem uma imagem errada de GOR e de seus praticantes.

Felizmente, existem os que lutam contra essa imagem distorcida de GOR. Eles ajudam a ensinar as realidades de GOR. Eles postam mensagem e artigos discutindo muitos outros aspectos de GOR. Criam sites e blogs que afloram estes múltiplos aspectos, relegando a escravidão a um papel menor. Não é uma tarefa fácil, mas alguns de nós estamos prontos para enfrentar esse desafio. O objetivo final é mostrar que GOR é muito mais do que apenas sobre a escravidão. GOR não é um subconjunto do BDSM ou do D/S. Embora existam algumas similaridades entre BDSM, D/S e o GOREANISMO em TR com escravidão consensual, as diferenças são muito grandes. GOR engloba um vasto conjunto de outras questões que nada tem a ver com BDSM ou D/S.

2 comentários:

  1. Parabens pela iniciativa. Somente com a leitura e a reflexão participativa e ativa poderemos evoluir e sairmos do âmbito somente dos conceitos sem discussão eficaz e com respeito.

    Raptor

    ResponderExcluir
  2. Como posso obter mais informações e até mesmo contato com praticantes dessa Cidade eu e o Dono de mim temos muito interesse em conhecer a fundo a filosofia Goreana

    ResponderExcluir

Ocorreu um erro neste gadget